Henry

Secullum

Novidades


01/10/2017

Gerenciamento de Projetos

Um sistema eficaz requer planejamento e conhecimentos técnicos...


Para o desenvolvimento de um sistema de segurança, é necessário o apoio do gestor de segurança da organização e dos usuários do sistema.

 

1 - Estudo da Segurança
A análise detalhada dos riscos, com o objetivo de encontrar a resposta adequada para a implementação de um sistema de segurança, será de fundamental importância. É nesta etapa que iremos definir claramente o objetivo do sistema a ser instalado e o verdadeiro grau de segurança necessário para o seu funcionamento, tendo em conta o orçamento disponibilizado.


A obtenção dessas necessidades de segurança gerará uma priorização, por meio de níveis de importância e dos objetivos a serem alcançados. 


A partir daí, obter-se-á a escolha certa dos dispositivos que oferecerão maiores garantia para superar as vulnerabilidades apresentadas.

 

2 - Elaboração do projeto técnico
Posteriormente, é necessário elaborar um projeto em duas frentes, técnica e econômica, que deverá conter as seguintes partes:
- Notas explicativas dos dispositivos que fazem parte do sistema e a filosofia da concepção orientadora.
- Lista de requisitos técnicos e adminsitrativos, que abrange todas as circunstâncias relacionadas com a execução real da instalação, juntamente com os planos correspondentes.
- Estudo econômico, incluindo as diferentes unidades de trabalho que compõem o conjunto do sistema.

 

3 - Estudo técnico
Uma vez produzido o Projeto Técnico, seguindo as regras jurídicas estabelecidas de acordo com o trabalho a ser executado, iremos realizar um estudo técnico, verificando todas as propostas encaminhadas pelas empresas ineressadas. Esse estudo deve ser feito de forma detalhada, em cima das propostas apresentadas, para se evitar a contratação errada e prejuízo financeiro a empresa, bem como a implantação de um sistema que não funcione corretamente.

 

Para isso, devemos elaborar uma série de parâmetros de avaliação dos projetos apresentados, baseados no objetivo geral e específico. Com isso, garante-se que as partes envolvidas no projeto entendam com clareza seus direitos e deveres durante todo o processo de execução do projeto.

 

4 - Gestão e execução da obra
Nesta fase, devemos criar uma fórmula para garantir as metas estabelecidas em relação a prazos e qualidade do sistema sejam atingidas.

 

Incorporam-se as seguintes ações:

- Implantação inicial;
- Calendário de reuniões e de trabalho, no qual se vai delineando de forma prática, conforme indicado no projeto, os problemas cotidianos de instalação;
- Livro de ocorrência da obra;
- Adoção de um processo de recuperação, através de certificação etc.

 

5 - Recebimento da obra
Devemos observar e analisar o desempenho dos trabalhos, através de protocolo próprio, que, além de incluir testes, verificará resultados, carências, prazos, esquemas de funcionamento, recebimento final da documentação (devendo seguir as garantias prescritivas), correção de falhas de tempo e de custo, formação do pessoal que irá operar e manter o equipamento... Tudo isso, culminará com na aceitação final do trabalho e na deternicação dos protocolos de manutenção preditiva.

 

6 - Desenvolvimento do gerenciamento de projetos

Os grupos de processos são:

1° - Início
2° - Planejamento
3° - Execução
4° - Monitoramento e Controle
5° - Encerramento

 

Conhecimento
Finalizando, é importante mencionar que um projeto bem feito requer conhecimentos específicos.

 

Fonte: Revista Security Brasil

< Voltar

Veja Também

ENTRE EM CONTATO



Totalseg - Belém
Fone: (91) 3299 0800
Endereço: Tv. Dom Romualdo de Seixas, nº351/ 353 A Umarizal - CEP 66050 110 - Belém-PA - Ver no mapa


Totalseg - Manaus
Fone: (92) 3622 8080
Endereço: Av. Duque de Caxias, nº2032 - Pça 14 de Janeiro - CEP 69020 430 - Manaus-AM - Ver no mapa
Beatek Pro Eletronic Secullum Henry BraParking Mauser

Copyright 2013 - Todos os direitos reservados